Segurança da Barragem Pedra do Cavalo é debatida em Audiência Pública na Câmara de Cachoeira

por Mariana Vilas Boas publicado 19/02/2019 17h05, última modificação 28/02/2019 10h35

A Audiência Pública realizada pela Câmara Municipal da Cachoeira, na manhã desta terça-feira (19), abordou questões que vêm preocupando a população que vive abaixo da Barragem Pedra do Cavalo. Vereadores de Cachoeira, São Félix e Maragogipe, autoridades representando os órgãos envolvidos, direta e indiretamente, na Barragem Pedra do cavalo, líderes de associações e população civil em geral, estiveram presentes no evento.

Após uma explanação da equipe técnica do Grupo Votorantim, as pessoas puderam fazer perguntas para as autoridades presentes e, além da questão que mais tem sido discutida em toda região – que é a possibilidade de algum risco que a Barragem possa oferecer –, o assunto mais abordado por todos que estavam presentes, é a falta de um plano emergencial.

No que diz respeito à segurança, tanto a CERB quanto a Votorantim afirmaram que a Barragem é segura e passa por vistorias frequentes, tranquilizando a população. Quanto ao Plano Emergencial, a engenheira e coordenadora de Segurança de Barragens da CERB, Maria da Graça Maia Lopes, afirmou que não leu todo o Plano Emergencial da Votorantim e que a CERB vai elaborar um Plano, cujo prazo de entrega ainda é dezembro de 2019. A Votorantim, por sua vez, afirmou ter um Plano Emergencial, mas que não pode ser divulgado para “não causar pânico na população”, enfatizou Jorge Lopes, Gerente de Planejamento da Geração da Votorantim.

O Superintendente da Defesa Civil do Estado, Paulo Menezes, declarou que a obrigação de fazer um Plano Emergencial é do município, através da Defesa Civil Municipal, e garantiu que enviará, o quanto antes, um ofício cobrando das prefeituras de Cachoeira, São Félix e Maragogipe a efetivação da Defesa Civil. O vice-prefeito, Gevaldo Simões, salientou que levará essa cobrança ao executivo, para que algo seja feito o quanto antes.

O Poder Legislativo Cachoeirano, através do presidente Josmar Barbosa, mais uma vez cumpre seu papel social de promover discussões de interesse popular, ao tempo em que se compromete em continuar cobrando do Poder Executivo Municipal a criação da Defesa Civil.

error while rendering plone.comments