Secretário responde questões polêmicas referentes à Agricultura do município durante sessão

por Mariana Vilas Boas publicado 27/11/2018 10h40, última modificação 28/11/2018 09h07

Wilson do Lago, secretário de agricultura do município, solicitou a Tribuna Livre da Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (26), para expor dados acerca do trabalho que vem desenvolvendo à frente da pasta. A solicitação do uso do espaço aconteceu depois de alguns vereadores cobrarem, em sessões anteriores, informações sobre projetos voltados para a agricultura familiar no município.

Iniciando seu pronunciamento, Lago esclareceu que, apesar das dificuldades enfrentadas, como poucos funcionários e poucos recursos, tem tentado fomentar ações que beneficiem o homem do campo e, depois de apresentar os dados de 1 ano e meio de trabalho à frente da Secretaria de Agricultura e Pesca, afirmou que a prestação de contas mensal está disponível na Prefeitura e na Câmara, além de colocar-se à disposição para dirimir as dúvidas dos vereadores.

Alguns pontos polêmicos referentes ao fomento de agricultura familiar, sustentabilidade de comunidades rurais, licença ambiental, inadimplência junto ao PRONAF e oferta de condições de trabalho para marisqueiras e pescadores do Vale do Iguape foram levantados pelos vereadores. Questões contundentes como a implantação de uma fábrica de vassouras, políticas públicas para prevenção de doenças em marisqueiras e padronização da 'marca' licor de Cachoeira também foram elencadas durante a discussão.

O secretário respondeu algumas das perguntas e, quanto a outras questões, cuja resposta não possuía, garantiu fazer o levantamento necessário e enviar posteriormente para os vereadores.

error while rendering plone.comments