Reajuste dos servidores é votado em Extraordinária

por Mariana Vilas Boas publicado 12/02/2020 11h03, última modificação 12/02/2020 11h03

Em Sessão Extraordinária realizada na manhã desta quarta-feira (12) os vereadores votaram projetos de leis que versam sobre reajuste salarial dos servidores públicos municiais de Cachoeira. Os projetos 01 e 02/2020, oriundos do Poder Executivo, determinam o reajuste salarial na base de 12,84% para professores; de 5% para servidores efetivos e comissionados, que recebem salário superior a um salário mínimo; e 4,31% para servidores efetivos e comissionados que recebem vencimentos iguais a um salário mínimo.

Esse valor de 12,84% para os profissionais de magistério é reajustado anualmente pelo Governo Federal, o qual passa a vigorar como piso salarial e todos os municípios devem se adequar até o final do ano em curso.

Tendo como base o IGPM municipal, que é de 7,31%, os vereadores não concordaram com o reajuste que foi dado pelo executivo para os demais servidores públicos, por considerarem o valor inferior ao IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado). No entanto, votaram favoráveis e aprovaram por unanimidade os projetos de reajuste, para que os servidores não sejam penalizados e fiquem sem esse pequeno, mas necessário, aumento.

Na mesma sessão, foi votado o projeto de resolução em que determina um reajuste salarial de 10% para os servidores, efetivos e comissionados, da Câmara Municipal da Cachoeira. A Mesa Diretora fez cálculos e análises junto com a Controladoria e a Contabilidade da instituição, para que fosse dado um aumento justo para os servidores.

Todos os reajustes citados acima serão retroativos ao mês de janeiro.