Moradores do Tororó fazem apelo à Câmara de Vereadores

por Mariana Vilas Boas publicado 06/11/2018 10h35, última modificação 28/11/2018 08h47

Na noite da última segunda-feira (05) muitos moradores do bairro do Tororó estiveram na Câmara de Cachoeira, em manifesto, solicitando do Poder Público Municipal apoio para resolver o problema que vem ocorrendo desde o último sábado (03).
Carlos Eduardo Moraes, morador da comunidade, fez uma breve explanação sobre o que vem ocorrendo no Tororó, afirmando que houve uma invasão e uma casa foi totalmente destruída. Cadu, como é conhecido popularmente, ressaltou que essa ação de "reintegração de posse" é ilegal, já que os moradores do bairro possuem documentos de posse registrados em cartório. O principal pedido dos moradores é por assistência jurídica para as vítimas dessa situação. 
Hoje pela manhã, os vereadores acompanharam os moradores do Tororó até o Fórum para ouvir do juiz José Francisco o que deve ser feito.
O magistrado orientou que seja feita uma petição identificando todas as vítimas, bem como suas escrituras de posse das casas e os agravantes, como destruição de propriedade, para que ele possa analisar o pedido e expedir uma medida liminar para manutenção da posse dos moradores, caso julgue necessário.

error while rendering plone.comments