Cachoeira comemora 199 de Bravura e Heroísmo

por Tayse Souza Santos publicado 26/06/2021 20h15, última modificação 28/06/2021 20h33

 

Cachoeira, Cidade Heróica comemorou, no último dia 25, 199 anos do início das lutas que levaram à Independência da Bahia, em 1822.

A cada 25 de Junho, a sede do Governo do Estado da Bahia é transferida para Cachoeira, através da Lei 10.695/07, que valoriza a importância de Cachoeira nas lutas que levaram à independência da Bahia.

 Diante a Pandemia da Covid-19, realizamos a sessão restrita seguindo o Decreto do Estado que limita a quantidade pessoas, além das normas da vigilância sanitária que recomenda o uso de máscara, distanciamento e álcool gel. 

Após o Hasteamento das Bandeiras, autoridades, religiosos, e civis dirigiram-se à Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, para o Te Deum, solenidade religiosa presidida pelo Cônego Hélio César Villas-Boas.  Além dos vereadores, a Prefeita e Vice-Prefeita do município participaram da celebração religiosa e Sessão Solene. 

A Sessão Solene teve como orador oficial o historiador Jacó dos Santos Souza que, em suas palavras citou as mais diversas lutas que o povo Cachoeirano ainda enfrenta, afirmou que não existe sociedade livre, sem liberdade de opinião e manifestação de pensamentos. E finalizou dizendo, "que a semelhança do sujeito de ontem, sigamos lutando pelas demandas do presente, fazendo desta cidade, um lugar cada vez mais justo."

A Secretária de Cultura do Estado, Arany Santana, participou da solenidade de forma virtual representando o Governador. Arany destacou a importância da luta em Cachoeira pela independência. O vice-governador João leão  também participou da sessão solene.

O Presidente da Câmara, vereador Dr.Isnaldo Cordeiro (PSD), finalizou a parabenizando Cachoeira, pela bravura e luta pela liberdade  e independência.