Ativista Quilombola do Iguape pede apoio à Câmara

por Mariana Vilas Boas publicado 03/04/2018 10h15, última modificação 16/04/2018 10h06

Pam Batista, ativista quilombola da Bacia do Iguape, solicitou a Tribuna Livre na Sessão desta segunda-feira (02) para pedir à Casa Legislativa apoio para sua participação no Movimento Afro Serra (Movimento Cultural de Resistência da Cultura Negra em Petrópolis), na comunidade quilombola de Tapera, em Petrópolis/RJ. Pam ressaltou sua luta em prol do desenvolvimento cultural, social e, principalmente, financeiro da Bacia do Iguape, quando começou a promover a Feira de Cultura Afro-brasileira do Iguape.

A ativista ressaltou que foi convidada a fazer um intercâmbio cultural, onde irá expor sua experiência em comunidades quilombolas, desenvolvendo ações efetivas de políticas públicas, além de falar do povo negro e do movimento de fortalecimento para o crescimento da comunidade.

Em tempo, enfatizou que buscou apoio financeiro em diversos coletivos para custear sua viagem, bem como esteve com secretário de cultura e turismo do município que, por sua vez, afirmou que encaminhará a demanda para o prefeito para verificar a possibilidade de auxílio. Os vereadores se pronunciaram e garantiram oferecer apoio financeiro, caso a administração não assuma os custos.